Textão

Impellit

  Estímulo na literatura é tudo o que é capaz de levar o autor a dedicar horas e horas de seus dias sentado diante de uma tela em branco trabalhando. O mesmo vale para o leitor no movimento clássico de usufruir da leitura (existe o leitor que usufrui como profissional da...

Leitores, fãs e seguidores

    O assunto é repleto de armadilhas: trata-se de conhecer se podemos distinguir diferenças entre leitores, fãs e seguidores. Para o escritor, cuja performance hoje também é muito medida para além do livro, ou seja para além da qualidade literária de seu trabalho, o tema é de extrema importância. Quem começa...

Neologismos e uma analogia

      Chega a ser surpreendente que se questione o determinado uso feito da língua portuguesa por diferentes parcelas da sociedade. Ocorre uma analogia: é como discutir qual parte da mochila deve ser usada para carregar um dicionário. A discussão tem maior relevância quando é levada para todos com o intuito de...

Autores e narradores

Muitos leitores costumam entender a figura do narrador como a do próprio autor da obra literária. Em obras de outras artes humanas isso não acontece, ninguém se preocupa em identificar o roteirista com o protagonista ou com o narrador (em off ou não) de uma determinada realização audiovisual. O mesmo...

Privacidade e anonimato

O anonimato na literatura sempre esteve ligado a uma questão de privacidade, daí o uso de pseudônimos. Lógico que vivendo em uma sociedade conectada 24 horas por dia, com demanda contínua e crescente de informação, fake news ou não, fica difícil para o autor que se destaca moderar a curiosidade do...

Nós na ficção

A autoficção é uma narrativa em que se misturam vozes e trajetórias de autor, narrador e personagens. Nela os limites da ficção são bastante extendidos, a ponto de se provocar uma suspeição do discurso, de levar o leitor a se perguntar se o que está lendo é pura invenção ou...