Pinguela

Pinguela

 

Ouviu dizer que faz tempo haviam construído uma pinguela. Mas hoje há prédios e a travessia é urbana. Ele contra a velocidade das pessoas, queria saber onde construíram a pinguela. Pinguela no dicionário, se fosse maior, seria ponte. Mas antes de ser ponte, precisa que passem sobre a pinguela. Pois se não inexiste ponte. E a pinguela importa, se ficava aqui ou acolá. Por que diriam de uma ponte sólida, se a pinguela fora mal feita, erguida onde. Entre margens, entre lugares. Lugar bom de um lado, e lá lugar de outro. Outro que quereria a pinguela ou a ponte, na vontade de passar. Passaram quantos até a pinguela, até a ponte. Até disser que chega, foi o mundo. Pai, mãe, filho e filha, até carro, ou carroça (sei sim). Se dizem que parasse uma vez, não teria a ponte, antes pinguela, será porque um beijo. Faltou, ou teve beijo? Na casa de quem não se calou da pinguela uma vez. Daí vieram com a ponte. Mas que ponte, se gostavam da pinguela. Vai que cai essa pinguela, que nem a ponte. Sai pra lá, do teu lado da ponte.

 

Ponte, pinguela, ergueram uma ponte.

 

E se ouve falar de muro.

Sem comentários
Deixe um Comentário: